fbpx

Cozinhando com Vinho do Porto!

O vinho do Porto reina não apenas nas taças, mas também na cozinha. A maioria dos vinhos ao ser usado para cozinhar, depois que o álcool evapora, quase desaparecem em meio aos outros ingredientes, o Porto não, especialmente em receitas de cozimentos mais longos. Por sua grande estrutura e consistência o Porto sobressai. Com maior teor natural de glicerina que os outros vinhos, o Porto empresta sua cremosidade a molhos, seus aromas tomam o lugar de especiarias.

Experimente colocar um pouco de Porto branco na sopa ou um fio de porto Porto Ruby sobre um bolo de chocolate. Use e abuse por Porto em molhos, em cozimentos de carnes e aves, por exemplo. Tendo o Porto como ingrediente podemos poupar no uso de gorduras e de sal, tornando as receitas mais ricas e saudáveis.

A seguir duas receitas, uma salgada e outra doces, tiradas de meu livro OS SABORES DO DOURO E DO MINHO (Editora Senac-SP)

Pataniscas de Bacalhau

Ingredientes:

  • 250 gr de Bacalhau desfiado cru e dessalgado
  • 250 gr de farinha
  • 3 ovos
  • Pimenta a gosto
  • Cebola a gosto
  • Salsa a gosto
  • Sal a gosto
  • 1 cálice de Vinho do Porto

Modo de preparo

Prepare uma polpa grossa a partir da mistura dos ovos com a farinha e água. Pique a cebola e a salsa. Junte à polpa e acrescente o vinho do porto e o bacalhau.  Tempere com sal e pimenta moída a gosto.  Frite em colheradas essa polpa em óleo bem quente. Antes de servir, escorra as patananiscas em papel absorvente.

Autor: Chef António Pinto      

Restaurante: Residencial Borges – Minho

Rendimento: 6 pessoas

Pudim do Abade de Priscos

Ingredientes

  • 400 gr de açúcar
  • 50 gr de toucinho fresco
  • 15 gemas
  • 500 ml de água
  • 1 cálice de vinho do Porto
  • 1 casca de limão
  • 1 pau de canela
  • 200 gr de açúcar para fazer caramelo

Modo de Preparo

Leve ao fogo açúcar, casca de limão, pau de canela e o toucinho cortado em fatias finas. Deixe ferver até fazer ponto de fio. Retire a calda do fogo e deixe esfriar. Junte as gemas misturadas com vinho do Porto. Coloque a massa numa forma de pudim com tampa previamente untada com caramelo. Cozinhe em forno bem quente em banho-maria, durante 1 hora. Desinforme quando estiver quase frio.

Fonte: livro Cozinha Tradicional Portuguesa Autora: Maria de Lourdes Modesto

Sobre a Talk Wine

Primeira plataforma brasileira de degustação virtual de vinhos em larga escala, a Talk Wine tem como proposta de valor ir além da tão sonhada democratização do vinho e levar o melhor deste universo em um clique. A startup paranaense aproxima os já amantes da bebida e a próxima geração de apreciadores por meio de experiências surpreendentes que unem vinho, entretenimento, música, cinema e gastronomia: sommeliers, enólogos, músicos e chefs de cozinha na tela da smart tv, computador ou smartphone e você aproveitando cada minuto do evento no conforto e segurança da sua casa.